Logotipo
  • +55(21) 38049289
  • +55(21) 38049290
  • fcce@cnc.org.br
  • Rio de Janeiro-RJ
  • Brasil
Clips Noticias
‘Exportação de carne bovina em junho pode atingir recorde’, diz consultoria

As exportações de carne continuam em alta, o que deixa o mercado interno menos abastecido e com baixa oferta. Por conta disso, o preço do boi gordo continua em alta, de acordo com a Radar Investimentos.

“A situação atual da pecuária reflete a falta de oferta no mercado. A crise do coronavírus e a incerteza instalada no mercado desde abril diminuiu bastante a intenção de confinamento. E com isso, os animais da safra acabaram, o que gerou uma situação de baixa oferta ainda mais com o ritmo de exportação acelerado”, explicou o sócio-diretor da consultoria, Leandro Bovo.

Comércio com a China

Bovo também afirmou que a relação comercial entre Brasil e China não deve sofrer impactos. “Essa preocupação em relação as exportações para a China é algo natural. Isso porque, o país asiático voltou a intensificar a vigilância sobre os alimentos depois de suspeitarem de uma nova onda de infectados pelo coronavírus em decorrência de lotes de salmão. Mas até agora é só isso, não houve relatos de cancelamentos de compras ou embarques”, disse.

“O reflexo disso no mercado atual é zero. Tanto que o mercado está mais firme, apresentando preços ainda maiores em relação a primeira semana de junho. Na última semana, as exportações de carne brasileira subiram ainda mais, o que leva a expectativa que junho pode ser um mês recorde nas exportações”, explicou o especialista.

Publicado em: 28/06/20

Federação das Camaras de Comércio Exterior 2020